Densitometria Óssea

A Densitometria óssea é um exame simples e rápido, utilizado para diagnóstico do grau de comprometimento da osteoporose e também dos valores da composição corporal, como a massa magra, a massa gordurosa e a massa óssea. É feito através de um equipamento que mede a concentração numeral óssea do corpo (em geral coluna lombar e fêmur proximal), com isto podendo determinar o risco de fratura. O exame é fácil, indolor, não requer nenhum preparo especial e nem estar em jejum, apenas a suspensão do uso de cálcio, 3 dias antes, para pacientes que fazem uso desta medicação. Pode ser feito com qualquer roupa, mas pede-se para evitar botões, zíperes e fivelas de metal. O tempo para realização do  exame é de 5 a 10 minutos. O setor da Densitometria também fornece o exame VFA - Morfometria de Coluna Vertebral. 


A Densitometria pode:

- detectar baixa densidade óssea, possibilitando a intervenção médica para diminuir o risco de fratura.

- confirmar o diagnóstico de osteoporose no indivíduo que já teve fratura.

- acompanhar a taxa de perda óssea quando o teste é feito anualmente.

- controlar os efeitos do tratamento em controles anuais.

- avaliação da composição corporal.


O que é a VFA - MORFOMETRIA DE COLUNA VERTEBRAL  INCIDÊNCIA LATERAL? 

A Vertebral Fracture Assessment, ou VFA, consiste em uma tecnologia que utiliza o aparelho da densitometria óssea convencional para obter uma imagem lateral da coluna toracolombar, afim de pesquisar a presença de fraturas ou deformidades vertebrais. A sua avaliação sequencial é  feita a partir da comparação milimétrica das vértebras.


Corpo Clínica

Francisco José Marquezine - CRM: 5849

Especialidade: Densitometria Óssea


Rubens Martins Junior - CRM: 8882

Especialidade: Densitometria Óssea

Tipos de exame